diminuto .

20/07/2010

já não temos amargura por aquilo que nos faz mal, e com o conforto aprendemos apenas a resignação, aceitamos os piores desconfortos. a voz calada, o grito contido, a ideia subestimada, não mais agimos em plena força de homens livres, e aos poucos, desaprendemos o que de fato é estar vivo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: