ocorrência .

21/08/2010

urge o tempo sobre
o tempo.
um eco viajante, das velhas salas da escola,
dos cadernos letivos aos livros amarelados
no calendário de dias escorridos, marcava-se tudo,
feriados, médicos, amigos e aniversários.
uma história sob outra nova história que se vive,
escrita com uma nova ausência:
isto que me tornei.

no quintal, crianças num
jogo de bola

depois de tanto, fiz-me amargo

não lembro da bola nem
do jogo.
recordo apenas as regras.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: