o compasso fugaz .

23/08/2010

sob a água da piscina,
os sonhos enferrujados
a felicidade relativa das polaróides,
cada foto de família contém
uma pequena alegria e dor,
uma espécie de padecimento inerte
soçobra o que ficou do que fora.
olhares conhecidos tornaram-se
aos poucos indecifráveis.

o pai que olha o filho que a mãe segura,
no cenário de fundo: avós, tios e primos:
todos amarrados aos balaústres do tempo,
………a âncora por trás do barco.

(mas olhe: as traças comeram a borda deste passado
tão íntimo que, de tudo, se transformou em estranho.)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: